Mudar para fazer a diferença

    O tema aborda o cenário do século 21 com suas transformações, entre elas, a concorrência. A palestrante fala sobre a valorização da pessoa dentro da organização. Ela mostra que, antigamente eram vistas como mão de obra barata e não como gestoras. Hoje, esses funcionários são considerados gestores, parceiros, colaboradores da organização.

 

    Em um primeiro momento, o tema mexe com os participantes que estão mais acomodados em suas vidas pessoais e profissionais. O público é informado que é preciso “correr atrás”. O ouvinte é conscientizado que precisa ser o gestor da própria carreira e que muitas vezes a empresa não fará isso por ele.

 

    Em tempos de crise, a palestrante aborda o assunto de como é difícil estar empregado ou manter a sua empregabilidade. Desta maneira o profissional é orientado a sair da sua zona de acomodação e buscar novos cursos para ter um diferencial e poder “disputar” por uma vaga neste cenário tão competitivo. Aborda também a questão motivacional. Ela explica que “ganhar bem é consequência de um excelente trabalho”.

 

 Quer saber mais? Entre em contato agora memso clicando aqui